Vitrectomia

Vitrectomia é a cirurgia do corpo vítreo, o fluido gelatinoso que preenche o interior do globo ocular. É indicada no tratamento de diversas patologias oculares, tais como: buraco de mácula, membrana epirretiniana, membrana subrretiniana, descolamento de retina, retinopatia diabética, tromboses venosas e retinopatia da prematuridade. Pode também ser indicada em casos de complicações pós cirúrgicas.

Na Vitrectomia é feita a remoção do gel vítreo que ocupa o interior do olho. Em seguida é possível acessar as demais partes do fundo de olho e realizar tratamentos como retirada de cicatrizes, retirada de membrana epirretiniana, laser, aspiração de sangramentos ou coágulos na retina. Ao fim da cirurgia o interior do olho pode ser preenchido com uma solução (solução salina balanceada), que é semelhante ao líquido que temos no interior do olho ou com substâncias que servem para manter a retina colada como ar, gases específicos ou óleo de silicone. Quando utilizado solução salina balanceada, ar ou gás, com o passar do tempo estes elementos são substituídos espontaneamente pelo líquido produzido pelo próprio olho. Quando é utilizado o óleo de silicone essa substituição espontânea não ocorre e o óleo só pode ser removido mediante uma segunda cirurgia. O tempo que o óleo de silicone deve permanecer no interior do olho varia conforme o caso.